quinta, 13 de dezembro de 2018


Qui, 06 de Dezembro de 2018 00:06

Júnior perde pênalti e favorece Atlético, que decide Sul-Americana na Baixada


Na final de Copa Sul-Americana entre dois times semelhantes, o primeiro jogo terminou igual para Atlético e Junior, da Colômbia. Os dois empataram em 1 a 1 na noite desta quarta-feira (5), em Barranquilla (Colômbia). O time paranaense ainda viu o adversário errar um pênalti.

Para o jogo de volta, na Arena da Baixada, na próxima quarta-feira (12), os dois times entram em campo em condições de igualdade. O Atlético conquista o título se vencer. Se houver empate, por qualquer placar, a decisão vai para a prorrogação. Só em caso de novo empate haverá disputa de pênaltis. O gol fora de casa não vale como critério de desempate na final da competição – ao contrário das fases anteriores.

SEMELHANTES

Nesta Copa Sul-Americana, Atlético e Junior trazem histórico semelhante. Os dois times foram fundados em 1924. Têm estádios de Copa do Mundo – o Municipal Roberto Melendez foi erguido para o Mundial de 1986, o qual a Colômbia desistiu de sediar três anos antes. Ambos ganharam projeção nacional em seus países a partir dos anos 90. E, por fim, ambos buscam seu primeiro título internacional.

Além disso, os dois times apostam no fator casa. O Junior havia vencido todas as partidas anteriores em Barranquilla. O Atlético, por sua vez, venceu quatro na Arena (Newell’s Old Boys, Penarol-URU, Caracas-VEN e Fluminense) e perdeu apenas uma, para o Bahia – depois, venceu nos pênaltis.





Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box