sexta, 16 de novembro de 2018


Ter, 11 de Setembro de 2018 12:46

Como serão os megaexercícios militares da Rússia, os maiores desde a Guerra Fria


A Rússia deu início a seus maiores exercícios militares desde a Guerra Fria, mobilizando cerca de 300 mil militares no leste da Sibéria.

Batizado de Vostok-2018 (Vostok significa leste), eles contam com a participação da Mongólia e da China, que está enviando 3,2 mil militares, além de veículos e aeronaves.

Os últimos exercícios russos com escala similar foram em 1981, durante a Guerra Fria. Ainda assim, eles envolveram menos tropas do que Vostok-2018, que acontecerá de 11 a 17 de setembro.

Os exercícios acontecem em meio a uma tensão crescente entre a Rússia e a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), aliança militar com 29 países membros liderada pelos Estados Unidos.

A relação entre as duas partes tem piorado desde que a Rússia anexou a Crimeia, que pertencia à Ucrânia, em 2014.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que os treinos eram justificados, citando atitudes "grossas e agressivas" contra a Rússia.

Como serão os exercícios?

As operações começam na quinta-feira e vão durar cinco dias, segundo o general russo general Valery Gerasimov. Terça e quarta-feira serão dedicados ao planejamento e à preparação.

O ministro de defesa russo diz que 36 mil tanques, militares armados e veículos armados de infantaria, além de mais de mil aeronaves, integrarão o Vostok-2018. Até 80 embarcações navais, de duas frotas russas, também participarão.

Três brigadas de paraquedistas militares russos terão um papel-chave durante os exercícios perto da fronteira com a China e a Mongólia, segundo o canal do Ministério da Defesa, Zvezda.

O canal também diz que o objetivo principal do treinamento é praticar o rápido deslocamento das tropas, aeronaves e veículos do oeste da Rússia às regiões no leste, cruzando milhares de quilômetros. Esse tipo de esforço envolve, por exemplo, o abastecimento de aeronaves no ar.

A escala do Vostok-2018 é equivalente à das forças empregadas em uma grande batalha da Segunda Guerra Mundial. Uma versão menor desse exercício, com a Rússia e a Bielorrússia, se deu no ano passado.

 




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box