quarta, 22 de novembro de 2017


Ter, 07 de Novembro de 2017 11:47

Depois de breve estada em Brasília, Cunha retorna à república de Curitiba



O juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, determinou a transferência do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para Curitiba entre os dias 20 e 24 de novembro.

Preso desde outubro do ano passado pela Operação Lava Jato, o peemedebista foi levado para a capital federal em 15 de setembro para prestar depoimento no processo sobre desvios no Fundo de Investimentos do FGTS, o FI-FGTS.

No despacho no qual ordenou a transferência de Cunha para a capital paranaense – assinado nesta segunda-feira –, Vallisney Oliveira disse que permitiu que o ex-deputado permanecesse em Brasília, pelo menos até o dia 20, atendendo pedido da defesa para "facilitar" encontros dos advogados com o peemedebista para tratarem de pedidos de diligências e das chamadas "alegações finais", as últimas manifestações do réu no processo.

Além disso, o magistrado disse ter considerado, no momento de definir a data de retorno, a necessidade de a Polícia Federal (PF) ter que se preparar operacionalmente para conduzir o ex-presidente da Câmara de volta a Curitiba.

S5 Box