quarta, 22 de novembro de 2017


Qua, 12 de Fevereiro de 2014 22:28

Da terra Vermelha Brotou o Sangue...


 

A minissérie paranaense que conta a historia do estado em rede nacional, num trabalho inédito e de grande valor histórico e artístico, contada em 16 capítulos, se encerra nesta quinta-feira (13), na TV Brasil ,e na sexta-feira (14), na É-Paraná.

O paranaense Manaoos Aristides, diretor da minissérie, comentou sobre o sucesso de “A Saga”, que tem garantido audiência à TV Brasil e TV É - Paraná, principalmente no interior do Estado, com grande repercussão em todo o país, transmitida por 200 emissoras de televisão regional e TVs a cabo. “Estou muito feliz. Cada capítulo está mais bonito e interessante que o outro. Vem superando as minhas expectativas”, vibra o autor da trama, feita segundo ele, com o povo e para o povo. Ele disse acreditar ainda, que mais que o sucesso, o que está acontecendo é o reconhecimento de que é possível a produção de teledramaturgia, fora do eixo Rio-São Paulo.

De acordo com o diretor, um dos diferenciais de A Saga, é o fato da maioria dos atores que participaram serem amadores, o que também, segundo ele, dificultou de certa forma o trabalho. Já o elenco principal, conta com nomes como: Roberto Bomtempo, João Vitti, Raymundo Souza, Danilo Faro, Valdir Fernandes, Gabriela Alves, Alexandro Malvão, Denis Derkian, Débora Santos, Olga Bongiovanni, Jeferson Godói, Emilio Pitta, Carlos Eduardo Vilas Boas, Helena Portela, Claudete Pereira Jorge, Munir Kanaan, Kauê Crepaldi. Além do Igor Rickli de Ponta Grossa, presente com destaque na série e juntamente como os atores: Ires Cogo, Tito Mendes, Cristian Machado e muitos atores iniciante de todo Estado. Num total de mais de cinco mil participantes.

 

Mais do que um entretenimento, “A SAGA” torna-se um dos mais importantes documentos históricos do Paraná, onde seu povo pode enxergar sua história e suas tradições com admiração e orgulho.

 

As primeiras gravações de A Saga foi em 1999, com a construção das duas primeiras cidades cenográficas, uma em Porto Mendes e a outra em Cascavel. Em 2003, foi erguida também em Foz do Iguaçu uma cidade com 26 edificações, entre elas o Hotel das Cataratas, num total de 72 edifícios e cabanas representando a época das casas de madeira inclusive com o telhado em tabuas lascadas a machado.

 

A História dos paranaenses contada em “A Saga”:

Em 1542 o explorador espanhol Don Alvar Nuñes Cabeza de Vaca desembarca na Ilha de Santa Catarina, e percorreu o caminho conhecido como “Peabiru ”, cerca de 1.600 kilometros que cortavam o atual Estado do Paraná no sentido Leste-Oeste, e era utilizado pelos índios que iam ao mar buscar sal. A caminho de Assunción, descobriu as Cataratas do Iguaçu.  Nessa caminhada, Cabeza de Vaca, tomou posse das terras que hoje constituem o Estado do Paraná, em nome do rei da Espanha Carlos I, batizando as novas terras como “Província de Vera”. Somente dois séculos depois Foz do Iguaçu entra nessa história. Ela começa em 1888, quando o Capitão Belarmino Augusto Mendonça Lobo nomeou o Tenente José Joaquim Firmino para desbravar o extremo oeste paranaense, instalando a Colônia Militar de Foz do Iguaçu na fronteira entre Paraguai e Argentina. O Tenente Firmino partiu de Guarapuava no dia 25 de novembro do mesmo ano, levando aproximadamente oito meses para concluir sua jornada e chegar em Foz do Iguaçu.

 


Elenco - Roberto Bomtempo (A Casa das Sete Mulheres/ Pantanal), Raymundo de Souza (Terra Nostra / Vidas Opostas),João Vitti (Éramos Seis/ Despedida de Solteiro/Um Só Coração), Valdir Fernandes (Mandacaru/ Grandes Sertões Veredas/Meu Pé de Laranja Lima), Gabriela Alves (Salsa e Merengue/ Tocaia Grande/ Mulheres de Areia), Munir Kanaan(O Profeta/Duas Caras), Alessandro Malvão (Kubanakan / Sete Pecados), Adilson Girardi (Almas Gêmeas, Duas caras),Helio Zach (Anos Rebeldes), Denis Derkian (Cara a cara, Ninho de Serpente),  e os atores paranaenses: Emilio Pitta(Capitu/ Beleza Pura/ A Grande Família) Claudete Pereira Jorge, Helena Portela, Carlos Vilas Boas e o radialista e compositor Claudio Ribeiro. Foi nas filmagens em Ponta Grossa que o então diretores : Valdir FernandesManaoos Aristides, acreditaram um estreante e escalaram para um papel de destaque, foi assim que surgiu um grande ator Igor Rickli, hoje com destaque na novela Flor do Caribe na Rede Globo.

 

Além do elenco principal, foram convidados para participações especiais a apresentadora de Tv Olga Bongiovanni  e Responsáveis  pela trilha sonora Waltel Branco, Arthur de Carvalho e Marlos Garcia e sonorização o produtor  Kennedy Telles.

 

Musicas – Tema – Arthur de Carvalho e Waltel Branco nas vozes de: Juliana Valiati, Arthur de Carvalho Biolange Maravilha.

“A Saga” esta sendo apresentada pela TV Brasil no horário das 23:30 h de segunda a quinta feira. (Por Serli Adndrade)

S5 Box